quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

A História e o Segredo da Campeã! Parte 2/2

Continuação (leia a primeira parte, clicando aqui)


Passei então a treinar, a ler sobre corridas....mas disciplina nunca foi muito meu forte!


No entanto, diante dos comentários de todos e dos olhares aqui na sefaz, o que tornava forte em mim era a minha crença em minha mesma, e a minha vontade de vencer sempre.

Assim foi que de corrida à corrida fui diminuindo meu tempo significativamente. E percebi como um ato tão simples pode mudar tanto nossa vida. 
Fora os benefícios (maior disposição, foco, superação, diminuição da ansiedade, mais calma, mais qualidade de vida, melhora no corpo) percebi o quanto eu ia aos poucos ganhando a admiração e o respeito das pessoas.

Parece bobagem, mas hoje na sefaz graças a corrida, meu nome é honrado! Enfim, uma nova história com meu nome parecia surgir.

Como não me apaixonar?


Em agosto, houve a corrida Tenente Neteslau, e a paixão por vencer os limites do próprio corpo, e vencer o campeonato fazendário cedia lugar à uma nova paixão:Vencer na minha faixa etária 24 à 35 anos! Eu consegui a primeira colocação e subi no pódium pela primeira vez!!!! Nascia um novo desafio:Vencer todas as outras corridas, mas até agora não houve uma segunda vez.

Até agora!!!

E podem rir!!! Será que mais alguém dúvida e se habilita à rir da minha capacidade? Rs.

Motivada por um amigo e parceiro de corrida o Rapha, sem pensar muito me inscrevi na Meia Maratona de Buenos Aires, ele ia comentando os planos da equipe sobre a viagem, e eu só respondia:Tô dentro!

E não querendo pensar muito que eu viajaria de avião sem meu filho (o que me causa verdadeiro pânico) e pior: Não querendo pensar que passaria 10 dias sem ele, maior tempo separados nestes 3 anos de vida dele, eu dei aval para o Rapha fazer tudo em meu nome, comprar passagem, hospedagem, pagar passeios, enfim tudo que eu tinha que fazer era transferir os valores pra conta dele.

Se eu ficasse vivendo a viagem antes da hora, correria o risco de desistir na última hora.

Então não pensei, não programei, não organizei, e até as vésperas eu não acreditava mesmo que eu ia. Mas fui! Graças a Deus, ao Rapha e a equipe sefazrunners eu fui correr a meia maratona (21km)em Buenos Aires.Foi uma das melhores sensações já vividas por mim, acho que a maior logo após à dar a luz ao meu filho.

Nada se compara à estes dois momentos...é realmente como dar á luz:Só quem viveu pode entender o que estou falando!


Eu e minha amiga e “adversária” nas corridas a Rosely, de última hora resolvemos não competirmos uma com a outra, mas sim corrermos juntas os 21 km com a bandeira do Brasil cedida pelo Willian (outro colega que viajou conosco), e todos os holofotes pareciam voltar-se a nós....todos os canais de televisão nos filmaram...houve um até que nos fez companhia durante uns 5minutos nos filmando. Resultado: Encerramos em 2 horas, sabendo que tivemos nosso momento de estrelinhas, nosso minuto de fama na capital Argentina (rs), só não conseguíamos saber o que doía mais, as pernas após ter percorrido longa distancia, ou os braços por ficarem erguido o tempo todo. Mas valeu a pena, como valeu! E desde então, eu e esta.... até então colega e “adversária” nos tornamos grandes amigas.

Mais um benefício das corridas. A conquista de novos amigos!

Enfim, retornamos de Buenos Aires, e no mês de outubro houveram apenas duas corridas. Tentei vencer a Corrida do Servidor Público, mas fiquei em oitavo lugar!

Em novembro, apenas uma corrida: Corrida da lebrinha em Chapada dos Guimarães. E como esta não estava no campeonato, e contando com uma companhia pra lá de agradável eu me concedi o direito de voltar ao meu antigo estilo de vida, e bebi a noite inteira! Bebemos até as 5:30 praticamente 1 litro de whisky, e nestas alturas.....que Chapada dos Guimarães que nada...eu já havia me transportado para...pra lá de Marrakech, rs....

Acordei mega atrasada , saltei como gato assustado da cama, mal escovei os dentes, afinal eu precisava apenas me vestir e colocar o tênis, a boca não importava pra correr,rs! Foi então, que às pressas, afinal já eram 7:40 parti para o local da largada....chegando lá não deu tempo nem ao menos de pegar o chip...o sinal de largada acabava de ser dado.....e do mesmo jeito que eu cheguei correndo, voltei pra trás e iniciei a corrida sem saber se terminaria mesmo todo o percurso.

Mais uma voz interior me cobrava: Vc veio pra correr ...então vai correr!

Uma tranqüilidade eu tinha: Água pra driblar a ressaca não iria faltar....era a Corrida da Lebrinha!( Rs) .Corri e caminhei..., e ineditamente cheguei em último lugar, como diz a música: Pra não dizer que não falei das flores de Geraldo Vandré: “Caminhando e cantando e seguindo a canção....somos todos iguais braços dados ou não”...surtos à parte.....

Não importava o resultado, eu queria cumprir o objetivo pelo qual eu tinha ido....e cumpri!Aproveitando para admirar a paisagem da Chapada e para ver como é fazer parte da turma do fundão (ah que saudade dos tempos do colégio, rs).Valeu a noitada, a cachaçada, a corrida e o resultado!!!
Dois meses se passaram....e finalmente dia 8 passado foi a Corrida de Reis! Parada desde a corrida da lebrinha, voltada completamente para os preparativos do aniversário do Nasser, festas de fim de ano, e um pouco confesso desestimulada....não treinei mais! Mas para conquistar o título de campeã eu precisava apenas participar, já que esta pelo regulamento do sefazrunners é a corrida que mais vale pontos.

Fui então, apenas determinada a participar, e a conquistar o título de campeã fazendária. Mas logo ao chegar, a paixão por vencer tomou conta de mim mais uma vez, e a adrenalina me pilhou (só um pouco mais além do meu natural,rs)... por não treinar.... me cobrei em dobro, e consegui vencer concluindo a prova em um pouco mais de 53 minutos .


A matéria sobre o encerramento do campeonato fazendário, está aqui no blog logo abaixo: 

CONFIRAM!

Hoje a pergunta que mais ouço é: Qual o segredo da campeã?

Até começo a acreditar que sou atleta de verdade, quase uma profissional, rs!

O segredo vou contar, mas acho que já ficou óbvio aqui:

É nunca deixar alguém dizer quem vc é! É vc sempre acreditar que se vc quer, vc pode, vc faz acontecer! É correr (literalmente) atrás do sonho (rs).”Você é do tamanho do seu sonho”
 
Bom, é isso então....estou muito feliz e sei que vcs estão por mim tbém. 

Obrigada a todos que ao longo do ano me apoiaram e incentivaram, enfim torceram por mim.

Ao Nasser vai o prêmio do campeonato (TV LCD 32” ) afinal eis a inspiração de todos os meu dias, a bússula que me indica o caminho certo à seguir, enfim a força propulsora de cada conquista minha.Amo vc meu filho!


Tais Vettel.

8 comentários:

Potiara disse...

Que lindo! Taís. Até me emocionei. Você merece! P A R A B É N S ! ! !

Raphael França disse...

Mto legal, Taís!!!! Esse ano tem mais...
Quem sabe dobrar essa distância de Buenos Aires...

"Quem tem limite é município"

Não se esqueça!!

Taís Santos disse...

Raphaaaaaaaaaaaaaa.....Conto com seu apoio na organização e compras da viagem...e aí: To dentro de novo...a conta e sua agência já tenho, rsrs!
Obrigada de coração por tudo....vc é um amigo muito, muito querido!
Discos mui fuertes de novo, rsrs!

william disse...

Amiga.... Parabens..Sucesso...Sei que voce pode e voce é Capaz!!De muito Mais Ainda!!!Bjos Coração.....

Unknown disse...

Taís! Parabéns! Sua trajetória e performance que vc teve no campeonato fazendário de corrida de rua é inspiradora.
P a r a b é n s !!! Tdo de bom p/ vc. Bjos!!!

Jean disse...

Parabéns Taís!
Emocionante ler seu artigo, emocionante ter participado contigo esse pedacinho da sua história, mais emocionante ainda é ter a companhia de todos nesse esforço quase que diário, seja correndo e nos afazeres do dia-a-dia.
Linda a festa, parabéns a organização e a todos os atletas.
Espero experimentar muitas emoções ainda junto desse grupo que é composto por tantas pessoas maravilhosas.

Segue 2012 com novos desafios... abraços =]

Anônimo disse...

Nada há a declarar só a correr, mais e mais longe! Quando cruzar a linha de chegada não pare continue correndo, não pare nunca! rsrsrs!

Jeane Artes disse...

Adorei, Tais Parabéns pela determinação e concordo com vc, " Correr atras do sonho"!e quanto a vencer é isto ai você ja é uma vencedora e parabéns pela preciosidade que vc tem.Bjsss